Mais de 2400 crianças e adolescentes vivem em casas de acolhida no estado do Rio de Janeiro

Mais de 2400 crianças e adolescentes vivem em casas de acolhida no estado do Rio de Janeiro

O dado foi revelado no último censo sobre menores em abrigos no estado. O problema é que ainda é pequeno o número de meninos e meninas aptos para adoção e grande a fila de pais que se habilitam a levar para casa bebês ou crianças de até 7 anos.

Segundo a advogada e presidente da Comissão de Adoção do IBDFAM – Instituto Brasileiro de Direito de Família, Diretora de Assuntos Jurídicos da ANGAAD – Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção, coordenadora de Grupos de Apoio à Adoção Silvana do Monte Moreira:

“(Os técnicos) precisam exaurir as possibilidades de reinserção familiar, porque a prioridade é sempre que a criança fique na sua família de origem. E, infelizmente, a tentativa de reinserção é muito grande e termina queimando etapas da vida da criança (que fica acolhida em abrigos enquanto isso). A família adotiva, infelizmente também, é a última das alternativas pra criança quando na realidade entendemos que às vezes é a única e a primeira alternativa de se constituir uma família.”

Fonte: http://globotv.globo.com/rede-globo/rjtv-1a-edicao/t/edicoes/v/mais-de-2400-criancas-e-adolescentes-vivem-em-casas-de-acolhida/2988986/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s