Jacob Chen – Uma história de adoção – Assista esse vídeo!

Queridos leitores,

Hoje me deparei com este lindoooo vídeo… me identifiquei em muitos aspectos, toda emoção do grande encontro com o meu príncipe veio à tona! Linda a história do Jacob Chen, emocionante!

download

Uma pena que no Brasil ainda exista uma marginalização da mãe biológica que decide entregar um filho à adoção. Se tivéssemos uma cultura e práticas realmente voltadas ao interesse e bem-estar da criança, o processo de adoção poderia sim ser iniciado durante a gestação biológica, assim como acontece em outros países. Nos Estados Unidos por exemplo existem agências de adoção que intermediam todo o processo. A mãe biológica em alguns casos escolhe o perfil da família adotante que já está na fila de adoção, e a família adotiva tem o privilégio de encontrar seu filho ainda na maternidade. Evitaríamos assim o período que ficam em abrigos, todas as dores e traumas ligados à esta experiência. No Brasil isso ainda é considerado barriga de aluguel……

Essa cultura faz com que a maioria das mulheres que se deparam com uma gravidez indesejada, tenham medo do preconceito que vão enfrentar ou até mesmo o receio de que alguém da família descubra, então optam pelo aborto ou abandonam após dar à luz em qualquer lugar. Há ainda as que criam por um tempo, mesmo contra a própria vontade, até que aconteça alguma negligência, e então a criança seja encaminhada para um abrigo. Neste caso já sabemos o enredo, ficam anos aguardando uma decisão de destituição do poder familiar…

Bom, ainda assim sigo acreditando que dias melhores virão! Não vamos desistir do Brasil e dos nossos sonhos, certo?!

Assista a este vídeo e emocione-se com a história real de um casal que passou anos tentando ter filhos até que decidiram pela adoção. Vejam a emoção quando encontraram seu filhinho!

No link abaixo você pode assistir com legenda em português:

http://familia.com.br/eles-nao-podiam-ter-filhos-e-decidiram-adotar-sua-historia-ira-mudar-seu-conceito-do-que-realmente-significa-ser-pai-ou-mae

Se o seu grande encontro ainda não chegou, que este vídeo sirva de inspiração!

Eu sigo na minha segunda gravidez invisível, aguardando por este segundo grande encontro da minha vida com muita esperança e amor.

Com carinho,

Luciane

 

Fonte: http://familia.com.br/eles-nao-podiam-ter-filhos-e-decidiram-adotar-sua-historia-ira-mudar-seu-conceito-do-que-realmente-significa-ser-pai-ou-mae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s